Páginas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

a vida atrás das portas da cristaleira e quantas histórias as coisas podem contar...





ontem, abri as portas da minha cristaleira para montar uma cena com as bolsas e aí...como me falaram as xícaras, os bules, a japonesinha, as latinhas...me recontaram causos, histórias da infância, lembranças de amigas queridas que não vejo há tempos! como falam!
pois ficam ali quietinhas por meses, aguardando uma oportunidade, esperando um olhar atento, um ouvido silencioso, e então falam!

Um comentário:

By Deva disse...

Ui, uma vitrine cheia de tesouros!!!! Lindas as louças e os vidros.
Bom Domingo!