Páginas

quarta-feira, 1 de outubro de 2008


Ninguém é correto em amor, ninguém jamais ama o bastante.



Jean-Yves Leloup, O absurdo e a graça

Um comentário:

Petrucia disse...

tenho pensado muito sobre amor. Estou acompanhando a separação de um casal de amigos. Eles estavam juntos há quase 20 anos. Quando vi o apartamento deles todo encaixotado, senti a imensa tristeza que havia no ar. Será que as pessoas conseguem manter o amor de amizade quando o amor romântico não dá mais?