Páginas

domingo, 5 de outubro de 2008


" Existe uma forma de comunhão que não é verbal, que necessita aquela peculiar qualidade de atenção e sossego. Assim como dois amigos muito íntimos que não têm que falar muito, que não têm que entrar em longas e complicadas explicações, que compreendem um ao outro naquele próprio silêncio em que existe a comunhão da amizade. Dois amigos muito íntimos podem ficar muito quietos, cada um com seus próprios problemas e, nessa quietude, nesse silêncio, acontece uma outra atividade que pode resolver o problema".Krishnamurti

2 comentários:

Petrucia disse...

que coisa mais peixa esta! a comunhão no silêncio...

isa disse...

oi!
obrigada pela visita, e parabens pelo blog!
gostei muito dos teus mimos tambem!
beijos!